Inovação

Inovar é antecipar-se, criar e fornecer valor para contribuir positivamente para a melhoria do mundo que nos rodeia. A educação fomenta a criatividade, a iniciativa e a aprendizagem necessária para uma inovação com sentido.

Inovação SM

Ilustrações de Javier Aramburu cedida cedidas para o 80º aniversário da SM.

“Viver” a literatura

Inovar no ensino da literatura depende tanto da imaginação de nossos mestres e alunos quanto do uso da tecnologia. Imagens eletrônicas para ilustrar um ponto ou complementar um tema são elementos úteis, mas não substituem a experiência real da vitalização de um texto como pode fazer um docente.

Ao longo de décadas de ensino de contos, romances e poesias a alunos, desde muito pequenos até universitários, adquiri a certeza de que, quando os jovens se entusiasmam com a literatura, é porque veem nela modos intensos de vida, e não meros exercícios escolares para conhecer uma disciplina.

Um modo de responder a esta pureza é incitá-los ao jogo da apropriação física das personagens e estimular o julgamento sobre suas ações, no que chamei acima de “vitalização de um texto”.

Tenho apenas algumas linhas para explicar este jogo, que consiste em propor que um aluno assuma o papel de uma personagem literária e defenda suas ações, especialmente conflituosas, diante de um “tribunal” formado por um grupo de colegas, que lhe fazem perguntas sobre suas motivações. O “tribunal” dará uma sentença e toda a classe terá a oportunidade de se pronunciar sobre ela.

Entre as “personagens” que escolhi para minhas aulas, com a participação especialmente ativa e criadora dos estudantes, encontram-se Hamlet, o padre de Don Quixote, Mersault (o protagonista do romance O estrangeiro, de Camus) e a Lujanera, do conto “Homem da esquina rosada” (de História universal da infâmia) de Borges.

Texto de Antonio Skármeta

MOVER PARA BAIXO
A Fundación SM se põe em movimento pela #inovação
Fundación SM Fundación Secretariado Gitano

A Fundación SM se põe em movimento pela #inovação

A finalidade do projeto Aprender com sentido é identificar, documentar, analisar e expor experiências, propostas e práticas de personalização da aprendizagem escolar, bem como as estratégias e os instrumentos utilizados para promover a aprendizagem com sentido entre os alunos.

A pesquisa Aprender com sentido. Estratégias, instrumentos e práticas de Personalização da aprendizagem escola é um projeto promovido e financiado pelo Instituto de Tecnologia, Educação e Aprendizagem (INTEA), da Fundación SM.

Você está convidado a conhecer o projeto "La Manresada, mi Manresa" uma experiência que integra o conjunto de práticas inovadoras inclusas na pesquisa.

A inovação para a SM

Em um mundo em constante movimento como este em que estamos vivendo, a mudança pela mudança surge como uma necessidade vital de sobrevivência. No entanto, na SM, procuramos fazer sempre uma leitura da situação atual e, a partir daí, propor projetos que se ajustem à nova situação com valor de futuro. Isso faz sentido, isso tem futuro, isso é inovar para uma educação do século XXI. Na SM, falamos de “inovar com sentido”.

A inovação está no nosso DNA. Oitenta anos trabalhando na educação e pela educação nos levaram a nos posicionarmos constantemente em um plano transformador. Levamos adiante a “fidelidade criativa”. Educando, somos fiéis à nossa vocação de educadores! Temos sido criativos para adequar nossos projetos às situações do momento, em favor de uma educação inovadora com sentido que, ao longo de muitos anos, desenvolveu nas pessoas valores autênticos, universais e evangélicos.

A inovação para a SM